Em 17 de Fevereiro de 1991 por iniciativa do Sr. José Cunha então presidente do F. C. Landim, é realizada uma reunião, nas instalações do F. C. Landim, para a qual são convidadas várias associações do concelho de Vila Nova de Famalicão.
 
Essa reunião tinha como objetivo criar uma associação de clubes do Concelho de Vila Nova de Famalicão para organizar provas de futebol de salão, com custos reduzidos, para que fossem acessíveis às pequenas associações, aproveitando os seus recintos desportivos espalhados por todo o concelho e proporcionando a essas coletividades uma atividade permanente ao longo de todo o ano e nas suas aldeias.
 
Nessa reunião e nas que se realizaram nos fins-de-semana seguintes foram tomadas algumas decisões, importantes. A primeira delas foi avançar com a fundação da associação dando-lhe o nome de Associação de Futebol de Salão Amador de Vila Nova de Famalicão (AFSA), constituir provisoriamente os órgãos sociais e arrancar de imediato com a organização de provas, enquanto é organizada a documentação para legalizar a AFSA.
 
Assim em Março é dado início às competições com os campeonatos concelhios nas categorias de seniores e juvenis masculinos (atletas até aos 16 anos de idade) participam no campeonato de seniores 11 equipas e no de juvenis 6 equipas, a época termina em mês de Dezembro interregno no mês de Agosto.
 
Em 25 de Outubro é assinada a escritura de legalização da AFSA, com publicação no Diário da República nº 77, III série de 1 de Abril de 1992, sendo constituintes e fundadores 11 associações.
Futebol Clube de Landim,
Associação Desportiva e Cultural de Novais,
Associação Desportiva e Recreativa de Ceide S. Miguel (ADERE),
Associação Desportiva do Carril (Mogege),
Associação Desportiva e Cultural de S. Martinho de Brufe,
Associação Desportiva e Cultural do Outeiro (Carreira),
Associação Recreativa e Cultural Flor do Monte Grupo,
Desportivo da Carreira,
Grupo Desportivo União de Louredo,
Grupo Recreativo de Vale S. Martinho,
Casa do Povo de Joane
 
Terminado o primeiro campeonato e face ao sucesso verificado, é imediatamente organizado o segundo, com início no mês de Janeiro de 1992 e final em Julho, intercalado com o campeonato nasce a Taça Concelhia, prova organizada por eliminatórias.
 
A parir do 3º campeonato as épocas desportivas passam a ter início em Outubro/Novembro e a terminar em Maio/Junho.
 
Antes da realização dos jogos das finais da taça da época de 1994/1995 realiza-se uma experiência de um torneio quadrangular de seniores femininos, com a presença das equipas FC Landim, AM Lameiras, AD Pedome e GR Covense.
 
Na 9ª época desportiva da AFSA, 1998/1999, nasce uma nova prova, a Supertaça Concelhia a que foi dado o nome de “Supertaça José Cunha” em homenagem ao grande responsável pela fundação da AFSA e consequentemente pela realização destas provas. Este trofeu é disputado no início da época pelo vencedor do campeonato da 1ª divisão e o vencedor da Taça, ou finalista quando este for o mesmo.
 
A 1ª Supertaça foi realizada no dia 31 de Outubro de 1998 em Riba D`Ave, no Parque da Tílias entre o GD Diditexteis e o GD Carreira que foi a primeira equipa a vencer este trofeu.
 
Nessa época são já 28 equipas seniores (12 na 1ª divisão e 16 na 2ª) e 16 equipas juvenis num total de 44 equipas.
 
Na época seguinte (1999/2000), devido ao elevado número de equipas seniores inscritas que passaram para 32, a 2ª divisão é dividida em duas séries, sendo que numa 2ª fase, os três primeiros de cada série vão disputar o título de campeão e a subida de divisão (sobem três equipas), a 1ª passa de 12 para 14 equipas e é criado um novo escalão o de iniciados (atletas até 14 anos de idade), que arranca com seis equipas.
 
Na época de 2000/2001 nasce um novo trofeu, a Taça AFSA, destinada às equipas seniores da 2ª divisão que não ficavam apuradas para a 2ª fase.
 
A AFSA atinge o topo em número de inscrições, 60 equipas, 34 seniores (14 na 1ª e 20 na 2ª divisão), 14 no escalão juvenil e 12 nos iniciados, o número de freguesias representadas já são mais de metade (25) e o número de elementos inscritos (atletas, dirigentes, treinadores) ultrapassa pela primeira vez a barreira dos mil.
 
Depois de uma primeira experiência na organização de um campeonato feminino que terminou devido ao número reduzido de equipas, a partir da época de 2007/2008 e até á época de 2012/2013, passam a ser organizados regularmente provas neste escalão feminino, chegam a atingir 9 equipas inscritas, mas mais uma vez devido á redução do número de equipas inscritas voltou a terminar.
 
Em 2011/2012 é criado um novo escalão o de veteranos e no fim da época é organizado um torneio de minis com miúdos até aos 10 anos.
 
É também atribuído desde a primeira época, um trofeu por escalão, às equipas com melhor comportamento disciplinar e um trofeu a todas as equipas participantes nas provas, como recordação da sua participação.
 
Estas provas nasceram com regras de jogo do futebol de salão com tabelas, mas estas foram evoluindo para regras mistas, embora ainda com tabelas. Na época 2016/2017 são aprovadas novas regras, tendo sido adotadas as regras do futsal.
 
Em 2016 a AFSA assina um protocolo com a Associação de Futebol de Braga, Federação Portuguesa de Futebol e Câmara Municipal que homologa estas provas.
 
Atualmente a AFSA organiza as seguintes provas.
Taça, Campeonato e Supertaça, nos seguintes escalões:
Juvenis
Seniores
1ª e 2ª divisão
Veteranos (atletas com de 37 anos ou mais de idade).
 
Na época 2011/2012 são criadas as Seleções AFSA que distinguem os 5 melhores jogadores de cada escalão, aos quais são atribuídos diplomas, sendo os mesmos definidos através da votação dos treinadores de cada uma das equipas, no respetivo escalão, e de acordo com determinadas regras. Dados históricos Provas organizadas pela AFSA ao longo destas 27 épocas desportivas:
 
Campeonatos: 1ª Divisão – 27
                     2ª Divisão – 22
                     Femininos – 06
                     Veteranos - 07
                     Juvenis – 27
                     Iniciados – 12
                     Minis - 03
 
Taças Concelhias Seniores: Masculinos - 26
                                        Femininos - 06
                                        Veteranos - 05
                                        Juvenis - 27
                                        Iniciados - 12
                                        Supertaças “José Cunha Seniores – 17
                                        Veteranos – 6
 
A AFSA ao longo das 27 épocas que organizou assumiu uma importância indiscutível no panorama desportivo e social no concelho de Vila Nova de Famalicão no sentido em que:
 
- Contribuiu e contribui para o grande desenvolvimento do Futebol de Salão / Futsal no Concelho.
- Contribuiu e contribui para que as pequenas associações tenham atividades permanentes ao longo de todo o ano com custos reduzidos e por isso suportáveis para essas associações.
- Contribui e contribui para que as freguesias disponham de atividades regulares.
- Contribui e contribui para que crianças, jovens e adultos tenham um passatempo salutar praticando desporto.
- Contribuiu e contribui para que as associações melhorassem substancialmente a sua organização.
- Contribuiu e contribui para que as associações melhorassem as suas instalações desportivas dotando as freguesias e o concelho de Vila Nova de Famalicão de infraestruturas invejáveis a este nível.
 
Nestas 27 épocas desportivas foram organizados pela AFSA mais de 12.500 jogos que estimamos contaram com a presença de mais de 20.000 pessoas, entre atletas, dirigentes, treinadores e árbitros e inscreveram-se mais 60 associações do concelho.